quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Utilidades


Bah! Três dias sem postar.
Gostar de escrever sempre foi uma das minhas marcas mais gritantes....lembro-me da minha época de escola onde a meninada vivia me pedindo para ler meu livro ata....onde eu escondia meus mais íntimos desejos e pensamentos....e colavam tudo...para mandar de recadinhos para seus (in)devidos namorados.
Blog deveria ser reconhecido como utilidadade pública....meu...dependendo do caso ajuda pra caramba.
Gente fraca tem em todo lugar.....e a todo momento tem gente fazendo merda por um momento não ter saído como deveria.
Faz mais ou menos uns seis meses que ví uma menina de uns 20 anos se matar....simplesmente pulou de uma altura de uns 40 metros...e blaun...se espatifou.....aquilo me abalou profundamente....porque ela era muito novinha...bonita....com uma vida inteira pela frente.....mas se entregou à fraqueza...e perdeu seu dom mais valioso....A VIDA!
Me perguntei por infinitas vezes o porque daquilo tudo....e confabulei com um amigo....Meu...eu tenho certeza que se alguem tivesse passado ao lado dela naquele momento, certamente ela estaria viva agora....se alguem tivesse parado para perguntar as horas....seus pensamentos ganhariam novos rumos....e quem sabe fariam com que ela acordasse daquele sonho ruim e a fizesse voltar a crer na vida....e em tudo de bom que ela nos proporciona.
Gosto de saber que palavras (simplesmente palavras) são capazes de mudar o rumo de nossas vidas.....
Não tem como adiar a vida....
....olhe nos olhos.....liberte sem medo todo o amor e a saudade que te atormenta....grite com toda a força de seus pulmões.....o amor liberta....

3 comentários:

Si disse...

concordo desde q esse amor seja em primeiro lugar pra nós mesmos. muitos deixam de viver em nome desse sentimento. Deveriamos colocar uma pitadinha de amor, de bons sentimentos, em tudo!
bjssss

Alice disse...

Se ela queria mesmo pôr fim à própria vida, nada iria detê-la, a não ser ela mesma.

Drika disse...

Oi Anne!
Vi que a Tata Valéria respondeu no teu post anterior e eu te respondi lá no meu blog mesmo sobre a foto da Maria Rita.
Quanto a cena triste que vc presenciou, eu acredito que uma palavra, um gesto, um pequeno carinho podem modificar vidas e até salvá-las.
Beijos!