quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Sabe


Sabe quando bate aquela tristeza, aquele sentimento de perda, de grande falta de alguma coisa que você não sabe o que éh?
Pois éh, assim que estou me sentindo.
Não éh extrema tristeza.
Não éh extrema saudade.
Não éh extremo vazio.
Sei lá.... parece sol de inverno...aquele que aparece quando ninguem espera...mas o sol no inverno pelo menos tras consigo alegria.
Por vezes me vejo como um ser às avessas....eu sinto as dores do mundo...e choro cada lágrima alheia....meu estômago dói só de olhar a quase morte de um mendigo....e meus pés doem (ainda mais) só de ver como eles suportam frio e calor.
Eu não entendo a maldade humana....e não sei ler palavras vazias...não aceito as mentiras que levam consigo flores vermelhas e chocolate... e certamente me pesaria aquela aliança que remete submissão.
Não movo meus lábios para criar sorrisos amarelos....e não escrevo cartas de amor.
AMOR?
O que seria realmente o amor?
Não aquele que vivemos....dar e receber...como lei reconhecida....
Mas o amor de dar-se simplesmente...sem esperar com o rabo entre as pernas uma resposta imediata.

Esse amor eu desconheço.

Eu queria só por um dia acordar em outro mundo....e sorrir de verdade...e sentir o calor da pele.....respirando....dando ao corpo uma nova change de renovar-se.
Eu quero abrir os olhos e nada ver....por que essa realidade me consome a cada dia.
Quero lembrar-me sempre de poder parar, refletir e agradecer por tudo que soma em minha vida....as lembranças......os sorrisos e as lágrimas.....que nada serão sem o poder do RECONHECIMENTO.

..... ♫ e que passe a ser vida,
♫ o que hoje é só sonho!!!

8 comentários:

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

eu queria ficar doida por 3 dias

mαy™ disse...

Ler seu blog é inspirador!
Obrigada pelo comentário no meu.. é bom ver que não sou a única a pensar assim, mas me diga.. como achou meu blog?

Achei brilhante essa parte: ' Eu queria só por um dia acordar em outro mundo....e sorrir de verdade...e sentir o calor da pele.....respirando....dando ao corpo uma nova change de renovar-se.
Eu quero abrir os olhos e nada ver....por que essa realidade me consome a cada dia.
Quero lembrar-me sempre de poder parar, refletir e agradecer por tudo que soma em minha vida....as lembranças......os sorrisos e as lágrimas.....que nada serão sem o poder do RECONHECIMENTO. '

Beijo ;]

Si disse...

é um sentimento bem chatinho esse neh?
é nao sei o que, q vem não sei de onde...
fica bem
bjsss

C. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
C. disse...

Oi Anne, obrigada pelo comentário ! Respondendo a um questionamento muito interessante seu (realmente gostei da pergunta), eu escrevo o passando estando com a Brysa porque do passado só sinto lembranças, nada de saudade dos relacionamentos amorosos. Relembrar as coisas que hoje com certeza eu não faria é divertido. Sabe, as vezes eu me pego rindo das coisas que fazia na sua idade, claro que hoje eu amadureci e, consequentemente minhas relações são diferentes, mas gostei de ter vivido cada uma destas histórias porque foram essas histórias que me fizeram valorizar a garota que tenho hoje. Um grande abraço !
C.

Karina K. disse...

Anne, gostei muito do post, tb gostaria de conhecer um outro mundo... Torcendo para que ele um dia seja aqui mesmo.
Bjos e uma ótima semana!
Se não se importar, estou adicionando teu blog na minha lista.
http://equemequesabe.zip.net

Brysa L... disse...

Bonito post, não discordo com nada e já disse coisas parecidas nas minha aulas de filosofia...

Vc achou o blog da C.! Admito que foi beeem esquisito ver ela escrevendo sobre outras mulheres no início, o primeiro post eu só consegui ler pela metade na primeira vez. Agora é normal, é exatamente o que ela disse ali em cima, são só lembranças, e eu não tenho dúvidas de que ela gosta de mim.

Boa semana!

Drika disse...

Anne, será que um dia aprenderemos a amar com esse amor que simplesmente é um dar sem esperar nada de volta?
Como deve ser sublime!
Beijos!