segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Mulher

Felicidade! A maturidade me veio um tanto cedo, porém, cobrou um preço alto.
Hoje, não me vejo como um todo menina, assim, como não sou de tudo mulher.
Os olhinhos brilhantes daquela pequena não me fogem a mente, mas prefiro outros mares.
Prefiro seios de mulher. Daquelas que já amamentaram a vida, já sentiram na pele calafrios que por hora desconheço.
Não tenho aptidão para ensaios, eu gosto mesmo é de concertos. Daqueles que ao fim, bota todo mundo de pé, com sorrisos largos nos lábios...e aplausos nas mãos.
Assim é mulher.
Longe de ti, nada sou.
É como ter o mundo aos pés, e não saber andar.
É como ter música livre aos ouvidos, e não ter voz para cantar.
Ah mulher, que encantas....Longe de ti nada sou.
É no teu colo que me encontro,
Nos teu gemidos que vivo,
No teu prazer que me inspiro.
E a vida nos fez assim....
Te fez mulher, pra mim.....
e como brincadeira de criança, fez-me mulher: Para ti.

O que me faz diferente não é o fato de ser mulher e amar a beleza feminina. A diferença está em amar as sensações que a fragilidade de um corpo feminino me proporciona, e não as formas do corpo de quem dorme ao meu lado.

6 comentários:

Fábio Miranda disse...

Oi Anne!

Muito obrigado por suas palavras. De fato escrever é uma paixão, lamento ter despertado pra isso tao tarde, mas, ainda da tempo e escrever mais..e mais...rs

Seus textos são maneirissimos...

Bjo grande!

Drika disse...

Como é bom entender que as sensações que o corpo feminino proporciona são mais importantes que a forma desse corpo.
Cada corpo nos traz uma sensação única,independente da forma.
Adorei!
Beijos!

Morgana disse...

"O que me faz diferente não é o fato de ser mulher e amar a beleza feminina. A diferença está em amar as sensações que a fragilidade de um corpo feminino me proporciona, e não as formas do corpo de quem dorme ao meu lado."

Lindo. Perfeita forma de definir o amor no feminino.

Beijos

Morgana

*K-rol* disse...

Ouo Anne!!

muito bom o texto, disse tudo!

sabe, tem uma música que eu gosto mito, referente ao post anterior, onde vc cita: "Meu coração dói.....de vergonha....da injustiça desse mundo cão."

a música diz tudoo!
Formidável Mundo Cão - Jay Vaquer
e eu gosto muito do cantor, naum sei se vc conhece!
tomei a liberdade de deixar um link da música!
http://br.youtube.com/watch?v=fbCqc2jBKnw&feature=related
o audio tah +/- porque foi gravado de um show!
mas presta atenção na letra!

bom, espero que goste!
é um prazer voltar aki no seu blog!!
beijoo!

Afrodite disse...

Que bela suas palavras, adorei seu blog...vou voltar sempre...bjs

Fezzoka disse...

Voltaste realmente inspirada heim!

Nada como ser mulher e compreender todo esse universo de sensações..

:D